Facebook Youtube IPDJ Comité Olímpico Comité Paralímpico Confederação do Desporto Fundação do Desporto Centro de Alto Rendimento UCI UEC Jogos Santa Casa
Início UVP-FPC Equipa Portugal Estrada BTT BMX Pista Escolas Ciclocrosse Ciclismo para Todos
Filiações 2019
Área do Utilizador
Parceiros Oficiais
Vantagens Filiados
Vantagens Filiados
Calendários
Calendário Nacional FPC
Calendários Regionais
Info. Desportiva
Documentos/Formulários
Formação
Formação
Centros BTT
Documentação
Centros BTT
Regulamentos
Gerais
Estrada
Pista
BTT
BMX
Ciclocrosse
Trial
Escolas de Ciclismo
Ciclismo para Todos
Antidopagem
Arbitragem
Disciplina
Contactos
UVP-FPC
Associações
Organizador Provas
Notícias
 
Contrarrelógio exigente para os sub-23
Equipa Portugal
André Carvalho e João Almeida correm, na manhã desta terça-feira, o contrarrelógio individual para sub-23 do Campeonato do Mundo de Estrada, entre Ripon e Harrogate, Inglaterra. Vão encontrar um percurso muito exigente, pela distância, pelo terreno ondulado e pelas zonas técnicas, que, com chuva, poderão ser perigosas.

O exercício individual terá 30,3 quilómetros. Os primeiros 12 mil metros são os mais planos, mas também os mais desabrigados e aqueles em que o vento poderá ter maior influência. Segue-se um troço de dez quilómetros com três subidas duras, em terreno que exige capacidade física e perícia, até que se faz uma aproximação rápida a Harrogate, onde a prova termina, na reta, com 450 metros em subida, comum a todas as competições deste Mundial.

O objetivo principal dos sub-23 portugueses é a prova de fundo, na sexta-feira. No entanto, o selecionador nacional considerou importante escalar André Carvalho e João Almeida para o contrarrelógio. “Além de ser relevante, enquanto trabalho de aproximação à prova de fundo, ciclistas com a qualidade e o potencial destes jovens devem também ser chamados a competir e a desenvolver as competências no contrarrelógio”, explica José Poeira.

André Carvalho é o exemplo mais paradigmático do que afirma o responsável técnico da Equipa Portugal. “É o contrarrelógio mais longo da minha carreira. Sei que não poderei discutir as primeiras posições, mas vou defender-me o melhor que puder. Será uma boa preparação para a prova de fundo, além de uma aprendizagem que considero importante para o futuro”, afirma o corredor famalicense.

João Almeida já conseguiu um top 10 no Campeonato da Europa de Contrarrelógio, em 2018. Mas o natural das Caldas da Rainha tem noção de que o nível é mais elevado no Mundial e que o foco principal é a corrida de sexta-feira. “O percurso do contrarrelógio é durinho, com alguns topos bem difíceis. Acho que é bom para nós. Pela minha parte, vou dar tudo. Conseguir um lugar no top 15 era muito bom, tendo em conta a qualidade dos adversários", reconhece.

Já é conhecida a hora de partida dos corredores portugueses. André Carvalho parte às 10h29 e João Almeida arranca às 11h15m30s.

A prova poderá ser vista em direto na Eurosport 1, que fará a transmissão integral da corrida.
2019-09-23 - 15:15:00
Partilhar Facebook
« Voltar
 
 
Assembleia Geral
Documentos 2 novembro 2019
120 Anos FPC
Ciclismo Vai Escola
Inscrições Online
História do Ciclismo
História do Ciclismo
Marcos Históricos
Palmarés das Corridas Portuguesas
Volta a Portugal
PNED
Lojas Oficiais
Redes Sociais
Site desenvolvido por: Cyclop Net - Desenvolvimento de Sites Profissionais